terça-feira, 2 de junho de 2015

Baterias chegam às casas, mas setor ainda é pequeno
Emerson F. Tormann09:43

http://info.abril.com.br/images/materias/2015/05/885x592-471769854-20150501092326.jpg

O empreendedor bilionário Elon Musk prevê um futuro em que as super baterias irão mudar o mundo, tornando a energia solar disponível à noite e transformando os lares em minúsculas usinas.

Kellie Haynes, uma organizadora de eventos de Sacramento, na Califórnia, é uma das poucas americanas que já vive nesse mundo. Ela diz que ama os benefícios e que não teve que arcar com todos os custos.

Se as pessoas pagarão milhares de dólares cada uma para se juntar a ela continua sendo uma das grandes questões a pairar sobre a Tesla Motors Inc., de Musk, e outras empresas que estão entrando no negócio de baterias para armazenar eletricidade.

Haynes vive em uma casa construída há um ano com painéis de energia solar e um sistema de baterias que não custou nada a ela - o sistema de US$ 25 mil, projetado pela empresa Sunverge Energy Inc., de San Francisco, foi coberto por subsídios do governo e incentivos de serviços de utilidade pública, segundo a incorporadora, que construiu 34 casas no local.

Até agora, a maior conta de eletricidade que Haynes recebeu foi de US$ 50 e, no momento, a concessionária local de energia elétrica deve dinheiro a ela porque ela abastece mais a rede do que a utiliza, diz. Outra vantagem é que ela pode manter as luzes acesas mesmo se houver um apagão na concessionária porque pode usar a energia armazenada no seu sistema de bateria de 7 kilowatts, que é do tamanho de dois armários de vestiário. A Tesla "apresentou isso como sendo algo revolucionário, mas nós já temos", diz Haynes. "É excitante estar na linha de frente."

O mercado para armazenamento de eletricidade é muito pequeno, especialmente entre os donos de imóveis, dizem analistas. Cerca de 62 megawatts de sistemas de armazenamento foram instalados no ano passado em 180 propriedades nos EUA, com 99% da energia indo para as concessionárias, empresas ou prédios do governo, segundo a firma de pesquisa GTM Research.

Fonte: Canal Energia


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter