quarta-feira, 5 de junho de 2019

Comissão de Segurança Pública debate questões relacionadas a crimes cibernéticos
Emerson Tormann16:21


A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado debate hoje questões relacionadas a crimes cibernéticos. O debate atende a requerimento do deputado Luís Miranda (DEM-DF).

O parlamentar explica que p Ministério Público Federal atuou em quase cinco vezes mais processos por divulgação e armazenamento de pornografia infanto-juvenil (2.169 ações) do que por racismo e outros crimes de ódio (442) em 2018, mas o Grupo de Apoio sobre Criminalidade Cibernética detectou, no balanço anual, uma queda de 17,5% nos autos por crimes ligados à pornografia ou abuso infanto-juvenil online (houve 2.630 em 2017) e um aumento de 29,2% em crimes de ódio (342 no ano anterior).

“Com a finalidade de conceder mais transparência e ainda estudar e discutir sobre o tema e ao final tomar as medidas cabíveis se faz necessário que seja realizada a presente audiência pública para o combate aos crimes virtuais”.

Foram convidados:
  • o presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Trajano Sousa de Melo;
  • o presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal, Fábio Francisco Esteves;
  • a coordenadora do Grupo de Trabalho de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público, Neide Mara Cavalcanti Cardoso de Oliveira;
  • representante do Ministério da Justiça e Segurança Pública;
  • o agente de Polícia Federal, especialista em crimes cibernéticos e Escritor, Luiz Walmocyr dos Santos Junior; e o
  • o diretor Social da Associação dos Peritos Criminais Federais, Evandro Lorenz.
Assista a gravação no YouTube

CSPCCO - SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO
Audiência Pública Extraordinária
Anexo II, Plenário 06 (Local Previsto) - 16h30

Fonte: Agência Câmara Notícias


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter