Proposta brasileira para salvar o planeta



Passados 23 anos desde a Rio 92, evento que instituiu a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima, o Brasil chega à COP21 consolidado como um dos principais negociadores da conferência. Em um momento-chave para a definição do novo pacto global que vai suceder o Protocolo de Kyoto, o país deve se destacar nas discussões de pontos polêmicos, como o financiamento de ações mitigatórias e o papel que cada nação terá de desempenhar para limitar a 2ºC o aumento da temperatura global até o fim do século.

» Continuar lendo no Correio Braziliense...
Emerson Tormann

Técnico Industrial em Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Especialista em inspeção predial. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postagem Anterior Próxima Postagem