quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Entidades nacionais na área de tecnologia da informação
Emerson F. Tormann17:17

Entidades e orgãos de TI nacionais


ASSESPRO nacional
ASSociação das Empresas de Serviços de PROcesamento de Dados
www.assespro.org.br

SUCESU
Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações
www.sucesu.org.br

SEPRORGS
Sindicato das Empresas de Informática do Rio Grande do Sul
www.seprorgs.org.br

FENADADOS
Federação Nacional dos Empregados em Empresas e Órgãos Públicos e Privados de Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares
fenadados.org.br

SINDPD
Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do estado de São Paulo
www.sindpd.org.br

SINDPD-DF
Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Informática, Similares e Profissionais de Processamento de Dados do Distrito Federal
sindpd-df.org.br

SINDPD-GO
Sindicato do Trabalhadores em Empresas e Órgão Públicos e Privados de Processamento de Dados, Serviços de Informática, Similares e Profissionais de Peocessamento de Dados do Estado de Goiás
sindinformatica.com.br

SINDINFORMATICA
Sindicato das Empresas de Informática, Telecomunicações e Similares do Estado de Goiás
sindinformatica.com.br

SINFOR
Sindicato da Indústria da Informação do Distrito Federal
www.sinfor.org.br

SOFTEX / MPS-BR
Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro
www.softex.br

SBC
Sociedade Brasileira de Computação
www.sbc.org.br

ABES
Principal Associação de empresas de software do Brasil
www.abes.org.br

FENAINFO
Federação Nacional das Empresas de Serviços Técnicos de Informática e similares
www.fenainfo.org.br

ABRANET
Associação dos Provedores de Acesso, Serviços e Informações de Rede de Internet
www.abranet.org.br

IBDI
Instituto Brasileiro de Política e Direito da Informática
www.ibdi.org.br

ABEP
Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação
www.abep-tic.org.br

SPB
Portal do Software Público Brasileiro
www.softwarepublico.gov.br

IDG - (Internation Data Group) é o maior grupo de comunicação para o mercado de TI do mundo, líder como provedor de mídia, pesquisa e eventos na área de TI www.idg.com.br

IBTI
Instituto Brasília de Tecnologia e Inovação www.ibti.net.br
(O IBTI é uma organização social sem fins lucrativos que desenvolve projetos de alta complexidade, aliando especialidades e competências em diversos campos de atuação.
Além disto, estimula o desenvolvimento tecnológico, o empreendedorismo e a formação de profissionais em áreas de conhecimento intensivo.)


UnB
Engenharia de Redes de Comunicação
www.redes.unb.br

Feliz 2015
Emerson F. Tormann11:48

Desejamos um feliz ano novo a todos os amigos e clientes.



segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Cursos gratuitos ofertados pela Administração de Brasília para síndicos, porteiros, zelador e primeiros socorros com inscrições abertas para 2015
Emerson F. Tormann20:01

Aulas são ministradas por professores renomados de entidades parceiras e abordam temas como legislação de condomínios, engenharia, eventos, sustentabilidade e noções de contabilidade.












Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, o Governo do Distrito Federal, por meio da Escola de Gestão Comunitária, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos de quadras e membros de associações de moradores. 




A escola oferece cursos gratuitos é está com as inscrições abertas para os cursos de: formação em primeiros socorros, de formação para síndicos, de formação para porteiros e de formação para zeladores.


As inscrições para os cursos de primeiros socorros, síndicos, porteiros, zeladores e de eventos, já podem ser feitas á partir de hoje, na Assessoria de Planejamento e Ordenamento Territorial - ASPOT na Administração de Brasília ou pelos links abaixo: http://www.brasilia.df.gov.br/



Os cursos abrangem estratégias de segurança, motivação, regras de limpeza, estratégias de negociação, direito, eventos, sustentabilidade, noções de contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia, entre outros temas. Os horários das aulas vão de 19h ás 22h15min e a carga horária varia de 12h/a á 90h/a. 

Especialistas de órgãos do GDF e de organizações parceiras que ministram as aulas, referência em suas áreas de atuação. Incluem temas como legislação de condomínios, noções de contabilidade, mediação de conflitos, Brasília tombamento e regras para intervenção e a relação estado/sociedade civil no DF, engenharia dentre outros temas. As aulas iniciam em fevereiro e têm a participação de representantes do CRC, CREA, IAB, ASSOSÍNDICOS, CEB, Caesb, Detran, Agefis, SLU, Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. 

Já o coordenador da Escola de Gestão Comunitária, Paulo Roberto Melo, falou que a escola é um dos melhores programas de educação comunitária do Brasil, “Quem entrar na Escola de Gestão Comunitária vai fazer um curso de qualidade que é reconhecido como o melhor programa de educação comunitária do Brasil além de ser uma oportunidade de qualificação para se colocar no mercado de trabalho em um mercado que pede cada vez mais qualificação e profissionalização” falou o coordenador Paulo Roberto Melo. 

A ex-aluna do Curso de Formação para síndicos Pedroana Frazão, falou que o curso de síndicos ajudou muito ela na gestão do seu condomínio, “Com as palestras de direito e dos engenheiros pude saber mais sobre legislação e engenharia o que eu estou aplicando em meu condomínio” enfatizou a síndica. 

O ex-aluno e síndico, Fábio de Mesquita falou que o curso ajudou tanto ele que ele se tornou um síndico profissional, “Hoje sou síndico de três condomínios e estou muito bem pois, o curso da Escola de Gestão Comunitária me ajudou a ter o conhecimento para que eu possa administrar bem esses condomínios”, falou o hoje síndico profissional. 

O ex-aluno do Curso de Formação para Porteiros Amarildo Costa Mota disse que fez o curso e em menos de um mês coseguiu o emprego de porteiro em condomínio, “Eu fiz o curso da Administração de Brasília e em 22 dias conseguiu emprego de Porteiro em um condomínio com escala 12x36” falou o Porteiro Amarildo. 

Se você está buscando uma vaga no mercado de trabalho ou um novo emprego, que tal fazer um curso da Escola de Gestão Comunitária e se preparar para entrar no mercado de trabalho. 


Serviços: 

Curso de Formação para Porteiros 
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo). 
Inscrições: Até 27 de janeiro de 2015.
Início do curso: 29 de janeiro de 2015.
Horário: De 19h as 22h15. 


Curso de Formação para Síndicos 
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo). 
Inscrições: Até 21 de fevereiro de 2015.
Início do curso: 24 de fevereiro de 2015.
Horário: De 19h as 22h15. 


Curso de Formação em Primeiros Socorros 
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo). 
Inscrições: Até 28 de fevereiro de 2015.
Início do curso: 02 de março de 2015. 
Horário: De 19h as 22h15. 


Curso de Formação para Zeladores
Local: Auditório da Administração Regional de Brasília (Setor Bancário Norte Bl K, Ed. Vagner 1º subsolo). 
Inscrições: Até 21 de março de 2015.
Início do curso: 24 de março de 2015.
Horário: De 19h as 22h15. 


PORTEIROS:




SÍNDICOS




PRIMEIROS SOCORROS




ZELADORES

https://docs.google.com/forms/d/1JRjulPozU8MA6BOTQe7imMVwucQeUkGdtSfyL4W47_g/viewform





Duvidas ligue: (61) 3329-0498/0486 ou 8497-2015.
Categoria :

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

CLDF: Deputados barram planos para a 901 Norte
Emerson F. Tormann15:44

Projeto de autoria da distrital Liliane Roriz encerra polêmica e é aprovado por 15 distritais na tarde desta quinta (11)



Um dos temas mais polêmicos que tramitou neste ano na Câmara Legislativa, a alteração da quadra 901 Norte deixa de ser uma assombração na vida dos moradores do Plano Piloto. Projeto de lei de autoria da deputada Liliane Roriz (PRTB) que barra as intenções de erguer grandiosos prédios no local foi aprovado por unanimidade na sessão desta quinta-feira (11). Os quinze deputados distritais presentes em plenário aprovaram a medida...

Uma das principais críticas às mudanças no projeto original de Lúcio Costa, a autora da nova lei veio buscando ao longo de seu mandato criar formas de tentar impedir que o planejamento de Brasília fosse comprometido pelos interesses imobiliários. De acordo com a proposta do governo,12 torres de 15 a 18 andares poderiam ser erguidas nas proximidades do Colégio Militar de Brasília.

A distrital travou um embate com o atual governo, tentando impedir a aprovação do texto contido no Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), que tentava ser aprovado na Casa, contendo várias alterações nos cartões postais do centro da cidade. Pressionado, o governador Agnelo Queiroz (PT) decidiu retirar o projeto da Câmara Legislativa.

Durante a votação, a proposta de Liliane Roriz foi elogiada pelo presidente da Casa, Wasny de Roure (PT), e também por outros deputados. “Essa não é uma vitória minha, é de toda a população que terá assegurada a qualidade de vida na área central de Brasília e também da história de nossa cidade”, comemorou Liliane.

O Projeto de Lei Complementar 22/2011 chegou a ser alvo de duras críticas durante o auge da tramitação do PPCUB. Em contraponto, a ideia do governo era construir permitir construções comerciais e de uso múltiplo, como flats residenciais, na região localizada ao lado do Colégio Militar de Brasília.

“Era uma total aberração o que tentavam fazer com nossa cidade. Nosso conhecido horizonte seria encoberto pela sede interminável dos empreiteiros e pessoas sem compromisso com a nossa história”, ataca Liliane.

Com a aprovação em primeiro turno, a matéria será validada em segundo turno e segue para o Palácio do Buriti, onde terá até quinze dias úteis para ser sancionada pelo chefe do Executivo. Caso se oponha ao texto, o governador pode devolver o projeto para ser promulgado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal.



noticia relacionada

Conplan aprova artigo do PPCub que permite construção da 901 Norte



fonte: CLDF
Categoria : ,

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Incubadora internacional recebe credenciamento do comitê da área de tecnologia da informação
Emerson F. Tormann16:16


A Incubadora Internacional do IBTI recebeu no dia 2 de dezembro um importante apoio para suas atividades. Trata-se do credenciamento do Comitê da Área de Tecnologia da Informação (CATI) para receber recursos e desenvolver projetos de pesquisa e desenvolvimento relativos à Lei de Informática, conforme publicação no Diário Oficial da União.

A expectativa é que a Incubadora tenha mais investimentos para melhorar sua infraestrutura e com isso, proporcionar maiores oportunidades de negócios para os empresários. Os empreendimentos incubados poderão ser contratados pelas empresas beneficiárias da Lei de Informática para a realização de projetos de pesquisa e desenvolvimento, especialmente na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

O CATI, órgão do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), é responsável por credenciar os centros e institutos de pesquisa, além das instituições de ensino e incubadoras de empreendimentos tecnológicos. O objetivo é que sejam reconhecidas como instituições aptas a receber recursos de empresas que invistam em atividades de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias da informação e comunicação.

Os recursos previstos na lei são provenientes de incentivos fiscais, como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Este corte é dado a empresas do setor de tecnologia que, como contrapartida devem investir parte de sua receita anual para atividade de pesquisa e desenvolvimento em Institutos credenciados, como o IBTI. Este processo estimula os empresários a investirem mais em pesquisas, além de promover o desenvolvimento do país, gerando conhecimento, empregos e renda.

Fonte: IBTI