MTEC Energia

Dia da Indústria: Valorização dos Técnicos Industriais é essencial para o futuro do setor

A nova política tem potencial para inverter esse movimento, desde que as propostas sejam implementadas - Presidente Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira durante seminário na sede da organização. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil
A nova política tem potencial para inverter esse movimento, desde que as propostas sejam implementadas - Presidente Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira durante seminário na sede da organização. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Setor busca modernização, com inovação e compromisso sustentável

Neste 25 de maio, Dia da Indústria, o setor comemora suas conquistas e reflete sobre os desafios futuros. No centro das discussões está a necessidade de modernização e inovação, pilares do programa Nova Indústria Brasil (NIB) lançado pelo governo federal. No entanto, uma questão crucial surge: a inclusão e valorização dos Técnicos Industriais, profissionais essenciais para a transformação e competitividade do setor.

A Importância dos Técnicos Industriais

Os Técnicos Industriais, regulamentados por lei federal e registrados em conselhos de classe, desempenham um papel vital nas operações industriais. Eles são responsáveis por garantir a qualidade, eficiência e segurança dos processos produtivos. Sua formação especializada permite que atuem em diversas áreas, desde a manutenção de equipamentos até o desenvolvimento de novas tecnologias.

Apesar de sua relevância, esses profissionais ainda carecem de reconhecimento adequado nas políticas de desenvolvimento industrial. A inclusão dos Técnicos Industriais no programa Nova Indústria Brasil e em outras iniciativas de fomento à engenharia e à indústria é essencial para que o Brasil possa alcançar seus objetivos de modernização e inovação.

Nova Indústria Brasil: Potencial e Desafios

O programa Nova Indústria Brasil visa reverter a desindustrialização que afeta a economia brasileira nas últimas décadas. Com foco em inovação, modernização e transição energética, o NIB tem potencial para revitalizar o setor industrial, desde que suas propostas sejam implementadas de forma eficiente.

“Trata-se de uma política pública moderna, que redefine escolhas para o desenvolvimento sustentável, com mais investimento, produtividade, exportação, inovação e empregos, por meio da neoindustrialização”, afirmou Léo de Castro, vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Necessidade de Ação Imediata

Para que o NIB seja bem-sucedido, é crucial que o governo federal atue com celeridade na implementação das propostas e evite os erros do passado. Além disso, é imperativo que os Técnicos Industriais sejam incluídos nas estratégias de desenvolvimento.

“O mais importante para que esse novo plano para o setor não volte a fracassar é entender que simplesmente proteger as empresas de baixa produtividade não vai tornar o setor mais competitivo a médio prazo”, explicou Armando Castelar, economista e professor da FGV Direito Rio e do Instituto de Economia da UFRJ.

Perspectivas do Programa

O Nova Indústria Brasil abrange diversas frentes, incluindo:

  1. Cadeias agroindustriais sustentáveis e digitais: Fomentar a agricultura de precisão e a produção de alimentos saudáveis.
  2. Complexo econômico industrial da saúde: Ampliar a produção nacional de medicamentos, vacinas e equipamentos médicos.
  3. Infraestrutura, saneamento, moradia e mobilidade sustentáveis: Fortalecer a produção na cadeia da indústria de transporte público sustentável.
  4. Transformação digital da indústria: Investir no desenvolvimento de produtos digitais e semicondutores.
  5. Bioeconomia e descarbonização: Reduzir as emissões de carbono e aumentar o uso da biodiversidade pela indústria.
  6. Tecnologias para soberania e defesa nacionais: Desenvolver energia nuclear, sistemas de comunicação e veículos autônomos.

O que esperar

Neste Dia da Indústria, é fundamental que o governo federal reconheça a importância dos Técnicos Industriais para o sucesso do Nova Indústria Brasil. A qualificação e valorização desses profissionais são essenciais para que o Brasil possa alcançar seus objetivos de modernização, inovação e sustentabilidade no setor industrial. A inclusão dos Técnicos Industriais nas políticas de desenvolvimento é um passo crucial para garantir um futuro competitivo e sustentável para a indústria brasileira.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postagem Anterior Próxima Postagem