Canaã Telecom

Oportunidade para técnicos industriais com o lançamento do projeto da primeira indústria farmacêutica a ser instalada em Porto Velho

Técnicos Industriais na indústria farmaceutica

Investimento será de mais de R$ 141 milhões, com geração de 240 empregos diretos

Nesta segunda-feira (8), foi anunciado que a indústria farmacêutica Mediall Medicamentos, do grupo Mittel Pharmaceutics, irá implantar uma nova fábrica de produção e manipulação de medicamentos em Rondônia, mais precisamente no Distrito Industrial de Porto Velho.

Esse investimento de 141 milhões de reais será responsável pela geração de cerca de 240 empregos diretos e aproximadamente 500 indiretos, um grande impulso para a economia local e uma excelente oportunidade para profissionais qualificados que buscam se recolocar no mercado de trabalho.

Neste cenário, destacamos a grande oportunidade para Técnicos Industriais, que serão fundamentais para a operação e manutenção das instalações da nova fábrica. Além disso, com o crescimento da demanda por medicamentos em todo o país, há uma grande possibilidade de expansão da produção e, consequentemente, de novas vagas de emprego no futuro.

Por isso, se você é um Técnico Industrial e está em busca de uma oportunidade para colocar seus conhecimentos em prática e crescer profissionalmente, fique atento e não perca essa chance!

Prefeitura de Porto Velho

Representando o prefeito Hildon Chaves, o secretário geral de governo da Prefeitura de Porto Velho (SGG), Fabricio Jurado, participou na tarde de segunda-feira (8), no Palácio Rio Madeira, sede do governo de Rondônia, da apresentação do projeto da primeira indústria farmacêutica do grupo Mittel Pharmaceutics a ser instalada no município,

“A Prefeitura está muito feliz com mais uma empresa que se instala aqui. Da nossa parte, o prefeito vem determinando que tudo que for necessário para a gente agilizar a instalação, liberando as licenças, desburocratizando, nós vamos fazer. Em nome do prefeito Hildon Chaves fica aqui o nosso agradecimento ao governo por ter nos convidado e as nossas boas-vindas a essa nova empresa que vai se instalar na nossa cidade”, destacou o secretário.

Na oportunidade, o vice-governador, Sérgio Gonçalves, pontuou a importância da primeira indústria desse porte e segmento em Porto Velho. “Isso faz parte da estratégia de atração de investimentos do governo Marcos Rocha, que iniciou todo esse trabalho de estruturação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento em 2019. Cada dia nós estamos colhendo os frutos desse trabalho, que é a atração de investimentos, traduzidos em empregos e mais renda para a nossa população”, destacou o vice-governador.

A Farmacêutica

A farmacêutica, que já atua há mais de 30 anos no mercado de saúde e tem sede em Goiânia, participou de pleito público para receber um terreno de 28 mil metros quadrados na área Industrial de Porto Velho. De acordo com o diretor presidente da empresa Roberto Leandro de Carvalho, “a fábrica terá 15 mil metros de área construída. A indústria farmacoquímica tem como objetivo a produção de medicamentos injetáveis, tendo como carro-chefe a produção de soros, o que irá fomentar a economia da região”, explicou.

Inovação

O presidente da farmacêutica disse ainda que a indústria produzirá medicamentos injetáveis com a utilização de tecnologia moderna, com o emprego de máquinas complexas de origem alemã, 100% automatizadas. Segundo informações da empresa, há apenas oito indústrias no Brasil semelhantes a que será instalada em Rondônia.

Do total de medicamentos produzidos, o Estado deve absorver de 5 a 10% da produção. O restante deve atender o Norte e Centro-Oeste do Brasil e a produção também deve alcançar o Peru e a Bolívia.

Com localização privilegiada, no coração da América do Sul, e possuindo um modal hidroviário pelo rio Madeira, Rondônia é considerado ótimo local de distribuição para os medicamentos, mostrando que está em pleno desenvolvimento, com aproveitamento do seu potencial, e perspectiva de avançar muito mais.

Início das Obras

De acordo com o diretor-presidente da Mittel Pharmaceutics, Roberto Garcia, as obras de construção da indústria começam em fevereiro de 2024. Já o início do processo de produção está previsto para o início de 2026.

“É a primeira indústria de medicamentos na região Norte do Brasil e o nosso objetivo é facilitar o atendimento com esses produtos a toda a região, além do próprio estado, onde existe uma carência dessa segmentação. O intuito também é atender todo Brasil e até exportação”, completou.

Números

O investimento em obras civis será de R$ 66,8 milhões; máquinas e equipamentos, R$ 72,7 milhões; equipamentos laboratoriais e controle de qualidade, mais R$ 1,7 milhão, além de R$ 428,5 mil em mobiliário. No total, serão investidos R$ 141,8 milhões, com geração de 240 empregos diretos.

Técnicos Industriais

A manutenção das máquinas e equipamentos da indústria farmacêutica, seu pleno funcionamento e, consequentemente, a continuidade da produção de medicamentos dependem da atuação dos Técnicos Industriais. Com a utilização de tecnologia moderna e máquinas complexas 100% automatizadas, como é o caso da indústria farmacêutica que será instalada em Rondônia, a importância desses profissionais se torna ainda mais relevante.  A qualidade dos medicamentos produzidos depende diretamente do funcionamento adequado dos equipamentos, o que reforça a relevância dos técnicos industriais para o setor farmacêutico e a necessidade de investimentos em qualificação e capacitação desses profissionais.

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Especialista em inspeção predial. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postagem Anterior Próxima Postagem