quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Curso de SÍNDICO com ÊNFASE EM GESTÃO DE CONDOMÍNIOS em Águas Claras
Emerson F. Tormann10:15

Curso de SÍNDICO com ÊNFASE EM GESTÃO DE CONDOMÍNIOS

Valor: GRATUITO.

Inscrições: INSCRIÇÕES AQUI


Dias de aula: 07, 09, 14, 16, 21, 23 e 28 de outubro de 2014.


Horário da aula: DAS 19H ÁS 22H.


Local: AUDITÓRIO DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO.






Informações: (61) 98072015 | 84972015 | 81011481 | 93468734.



Categoria :

ASSOSÍNDICOS/DF abre inscrições para Curso Básico de Síndicos em Sobradinho
Emerson F. Tormann09:49

Curso BÁSICO DE SÍNDICOS em SOBRADINHO

Valor: GRATUITO.

Inscrições: 

Dias de aula: 23, 25, 30/09 e 02 de outubro de 2014.


Horário da aula: DAS 19H ÁS 22H.
Local: AUDITÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO DE SOBRADINHO, QUADRA CENTRAL, SETOR ADMINISTRATIVO, LOTE A - CEP: 73010-901.





Informações: (61) 96012564 | 84972015 | 81011481 | 91405662.


Categoria :

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Laudo Elétrico - Inspeção
Emerson F. Tormann09:20

É o termo utilizado para designar o laudo técnico das instalações elétricas. O laudo elétrico é um tipo de laudo pericial que trata dos aspectos técnicos envolvidos numa instalação elétrica.

O laudo elétrico é atualmente exigido no Brasil por diversas instâncias do poder público, por certificadoras e por companhias de seguro para atestar a conformidade das instalações elétricas residenciais, comerciais e industriais.

Alguns dos órgãos que podem exigir o laudo elétrico são: Ministério do Trabalho e Emprego - através da sua norma regulamentadora NR-10, Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal, Administração Regional, Certificadoras ISO 18000, Seguradoras, etc..

Saiba mais » Normas Regulamentadoras

Cabe ao profissional habilitado executar, manter e reparar instalações elétricas prediais de baixa tensão, de acordo com projetos e em conformidade com normas técnicas, regulamentadoras, ambientais e de segurança vigentes, selecionando, manuseando, instalando e operando equipamentos, componentes e instrumentos, com uso de ferramentas apropriadas à execução das atividades.

Nos condomínios, o síndico é obrigado a apresentar os laudos de vistorias previstos em lei

A nova redação da NR10, item 10.2.4 estabelece que o PIE – Prontuário das Instalações Elétricas deve conter o relatório técnico das inspeções que nada mais é do que o laudo técnico das instalações elétricas. (veja também o sumário do PIE)

A finalidade do laudo técnico é a de relatar em um caderno, todas as patologias detectadas durante o período de vistoria e mais aquelas informadas pelo síndico, assim como indicar as terapias que devem ser adotadas com o intuito de se atenuar ou eliminar as fontes causadoras dos diversos problemas que afetam a rede elétrica. 

Neste documento, o profissional contratado indicará as prioridades que devem ser sanadas de imediato. No entanto, a definição de execução destas prioridades ficará a critério dos condôminos. O laudo técnico é também um meio de se aumentar a produtividade dos síndicos, visto que estes não terão que ficar repetindo os serviços que devem ser feitos quando as empresas interessadas na execução das obras se apresentarem, sendo suficiente que as mesmas leiam o laudo técnico para se informar sobre os serviços que devem ser feitos. 

Outra vantagem do laudo técnico

Na hipótese de substituição do síndico, o novo gestor não ficará perdido, pois terá em mãos um documento onde estão relacionados todos os serviços que ainda estão por fazer.

Com o laudo técnico em mãos, o que o síndico deve fazer?

Após a leitura do laudo técnico, o síndico terá plena noção dos trabalhos de recuperação a que deve ser submetido o prédio. Deve, então, se reunir com os condôminos para definição dos serviços que devem ser feitos de imediato. Definida esta etapa, o síndico deve entrar em contato com empresas ou profissionais liberais, para que apresentem proposta orçamentária para execução dos serviços necessários.
O Laudo Elétrico deve ser emitido por técnico devidamente habilitado com base em inspeções e medições realizadas nas instalações elétricas, à luz dos requisitos estabelecidos pelas normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). As normas mais comuns que devem ser objeto de confrontação são: NBR 5410, NBR 14039, NBR 5413, NBR 5419, NBR 60439, NBR 60079 e NBR 16280. Esta última diz respeito à responsabilidade do síndico quanto aos procedimentos de manutenção e reforma inclusive nas unidades autônomas do condomínio.

Um Laudo técnico só tem validade legal se assinada por técnico de grau médio ou engenheiro eletricista registrado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia - CREA e com comprovante de recolhimento da Anotação de Responsabilidade Técnica - ART junto ao CREA.

Como trata da segurança que pode afetar a vida e o patrimônio das pessoas e empresas, apenas profissionais com larga experiência devem emitir laudo. Um laudo deve considerar os aspectos técnicos (conformidade com as normas técnicas), jurídicos (leis e normas), de proteção contra incêndio e de segurança aos trabalhadores e usuários de eletricidade. 

Técnicos Industriais de grau médio (Lei Nº 5.524, de 05 de novembro de 1968podem emitir laudos de acordo com o Decreto nº 90.922, de 6 de fevereiro de 1985 (alterado pelo decreto nº 4.560, de 30 de dezembro de 2002), item 10.2.7 da NR 10 e conforme publicado pelo CONFEA - Conselho Federal de Engenharia e Agronomia na Resolução N° 1.057 de 31 de julho de 2014 / D.O.U. - Diário Oficial da União do dia 07 de agosto de 2014, seção 1, página 215 e Resolução N° 1073 de 19 de abril de 2016 em sua Seção IV, art. 7°.

‘Para isenção de opinião e segurança dos trabalhadores os laudos devem ser executados por profissionais independentes.’

Saiba mais » NR10 / RTI

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Vem ai o Primeiro Congresso Condominial do DF
Emerson F. Tormann19:36

Categoria : , , ,

Curso de Primeiros Socorros Oferecido pela ASSOSÍNDICOS/DF
Emerson F. Tormann19:29

Curso PRIMEIROS SOCORROS Samambaia.
Valor: CURSO GRATUITO.
Inscrições: WWW.ASSOSINDICOSDF.COM.BR https://docs.google.com/forms/d/1Fy9M_0Ctvz8ledAElh2K4w2zvKaYwwwpYiOE2ULMEcE/viewform
Dia de aula: 24, 25 e 26 DE SETEMBRO DE 2014.
Horário: DAS 19H30MIN ÁS 22H15MIN.
Local: QR 215, CONJUNTO 4, LOTE 25, SAMAMBAIA NORTE, SAMAMBAIA-DF.

Informações: 8497-2015 | 8101-1481.



https://docs.google.com/forms/d/1Fy9M_0Ctvz8ledAElh2K4w2zvKaYwwwpYiOE2ULMEcE/viewform

Categoria :

Paulo Roberto Melo fala sobre as suas realizações na ASSOSÍNDICOS/DF
Emerson F. Tormann19:20

Em uma tarde de trabalho na sede da associação na cobertura de um prédio na 514 sul, no último dia 23/08 o portal Clica Condomínio visitou o presidente da ASSOSÍNDICOS/DF Paulo Roberto Melo, que nos concedeu uma entrevista exclusiva Melo é um jovem síndico, fundador da Associação de Síndicos e Subsíndicos do Distrito Federal e Região Metropolitana - ASSOSÍNDICOS/DF, Paulo também é o primeiro presidente da ASSOSÍNDICOS/DF.




Jornalista - O QUE FOI FEITO PELA ASSOSÍNDICOS EM UM ANO? 
Paulo Roberto Melo - Começamos uma serie de programas e projetos que hoje são cerca de quinze, os quais beneficiam morador, síndico e funcionários de condomínios. Atualmente a ASSOSÍNDIOCOS/DF tem o programa escola de síndicos que está em sua sexta turma com cerca de seiscentos síndicos beneficiados; o clube de vantagens assosíndicos que houve entrega de mais de dois mil cartões; o programa qualifica condomínios que capacitou mais de setecentas pessoas; o selo de qualidade, em que as melhores do DF recebem; o programa vistoria legal que visa à realização de vistorias no condomínio; o projeto eco óleo que retira o óleo do condomínio para cooperativas. Fizemos também a caravana da assosíndicos, o prêmio síndico empreendedor, o prêmio síndico bom de gestão, o prêmio empresa amiga do síndico. Realizamos todo ano a semana do síndico, oferecemos para os síndicos consultoria contábil, financeira, administrativa e gerencial. Além disso, o programa assosíndicos cidadã que recolhe alimentos e agasalhos e doa em asilos, creches e em comunidades carentes. Há o portal da transparência assosíndicos, o informativo síndico em ação, entre outras ações. Firmamos convênio com a UDF para oferecer descontos de até 30% nos cursos de graduação e iremos retomar no próximo semestre o curso superior de gestão de condomínios. A UDF também ira abrir uma pós graduação de gestão de condomínios. Está firmado com o reitor do IFB e já publicado no diário oficial da união dois convênios com o instituto federal de Brasília, para que possamos promover cursos pelo Pronatec e curso técnico de gestão de condomínios. Promovemos uma seção solene em comemoração ao dia do síndico. Enfim, os projetos e programas desenvolvidos pela assosíndicos são para a comunidade de síndicos, moradores e funcionários.

Jornalista - PAULO COMO É A ESCOLA DE SÍNDICOS?
Paulo Roberto Melo - Existe na assosíndicos o programa Escola de Síndicos, que levou três cursos voltados para os gestores de condomínios pelas cidades do Guará, Cruzeiro, Plano Piloto, Sudoeste, Taguatinga e Águas Claras. Sendo Curso de Sindico Profissional, Curso Básico de Síndico e Curso de Síndico, além da promoção de palestras e encontros para a discussão da gestão de condomínios.

Jornalista - COMO FUNCIONA ESSE CURSO DE SÍNDICO PROFISSIONAL?
Paulo Roberto Melo - O curso de sindico profissional é um curso bem completo de cerca de 90h/a que habilita uma pessoa a trabalhar como síndico profissional. Nesse curso o aluno aprende tudo sobre a gestão de condomínios, com aula pratica, inclusive. Esse curso é uma boa oportunidade para pessoas que já se aposentaram ou pessoas que estão buscando uma colocação no mercado de trabalho. Lembrando que ser síndico não é para todos.

Jornalista - COMO É ESSE CLUBE DE VANTAGEM ASSOSÍNDICOS? 
Paulo Roberto Melo - O cartão Clube de Vantagens Assosíndicos e um cartão de benefícios que dá desconto em cerca de 700 estabelecimentos entre faculdade, laboratórios, academias, posto de combustível, cinemas e outros estabelecimentos. Já entregamos mil cartões para síndico e moradores de condomínios. Vamos entregar cem mil cartões ate o fim de 2015 para os síndicos, subsíndicos, moradores de condomínios e funcionários de condomínios. Com os descontos do cartão o morador/condômino poderá ter a sua taxa de condomínio saindo de graça, pois o desconto é muito grande em diversos estabelecimentos que esse beneFÍCIOio pode zerar o valor da taxa de condomínio, sobrando dinheiro para o morador investir em outras coisas.

Jornalista - COMO FUNCIONA O PROGRAMA QUALIFICA CONDOMÍNIOS? 
Paulo Roberto Melo - O programa de qualificação e requalificação da ASSOSÍNDICOS/DF de pessoas que trabalham em condomínios é um programa voltado para as pessoas que trabalham em condomínios ou pessoas em situação de vulnerabilidade social, que estão desempregadas à procura de uma colocação no mercado de trabalho. Esse programa oferece curso de relações interpessoais, agente de portaria, agente de zeladoria, primeiros socorros e comportamento em condomínio. Os cursos também são gratuitos. Nesse um ano já fizemos cerca de 8 turmas nas cidades de Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Vila Planalto, Plano Piloto, Sudoeste e Guará, formando cerca de setecentas pessoas em 8 cursos.

Jornalista - COMO É O SELO DE QUALIDADE ASSOSÍNDICOS? 
Paulo Roberto Melo - Uma equipe de auditores da ASSOSÍNDICOS visita as empresas, inspeciona os procedimentos, conversa com os clientes para que os síndicos tenham a certeza que estão com empresas de qualidade com o selo de qualidade assosíndicos.

Jornalista - QUAIS EMPRESAS TEM O SELO DE QUALIDADE ASSOSÍNDICOS? 
Paulo Roberto Melo - Já são cerca de 15.

Jornalista - CITE POR FAVOR? 
Paulo Roberto Melo - Não vou citar, pois não me lembro de todas e posso cometer uma injustiça com as não citadas. Veja no portal www.assosíndicosdf.com.br

Jornalista – COMO FUNCIONA O VISTORIA LEGAL? 
Paulo Roberto Melo - O programa Vistoria Legal realiza vistorias nos condomínios à pedido do síndico ou administrador com um custo subsidiado pela associação. Fizemos cerca de quarenta vistorias e estamos lutando na câmara legislativa para aprovar o projeto de lei que exige a auto vistoria PARA assim podermos dar tranquilidade para os síndicos e moradores com edifícios vistoriados, certificados e com a manutenção preventiva em dia.

Jornalista – COMO FUNCIONA O ECO ÓLEO? 
Paulo Roberto Melo - O projeto eco óleo é um programa que visa eliminar todo o ÓLEO da rede de esgoto condominial e da Caesb, assim a assosíndicos recolhe em parceria com cooperativas o óleo de cozinha para ser transformado em sabão de barra. Hoje no DF existem cerca de 30 condomínios que recolhem o óleo de cozinha e repassam para a cooperativa. Assim nós ajudaremos a preservar o meio ambiente e apoiar pequenos empreendedores que vão transformar um passivo para as redes de esgoto em um ativo para a sua renda.
Jornalista – O SENHOR FEZ A CARAVANA DA ASSOSÍNDICOS, COMO FUNCIONA?Paulo Roberto Melo – A caravana da assosíndicos é um programa que já visitou trezentos condomínios do DF e entorno. Quando nós vamos visitar os síndicos e os condomínios, levamos alguns diretores conosco e fazemos uma consultoria gratuita in loco com o síndico e funcionários do condomínio.

Jornalista – QUE PRÊMIOS SÃO ESSES QUE A ASSOSÍNDICOS ENTREGA?
Paulo Roberto Melo – Temos o mérito assosíndicos, prêmio síndico empreendedor, o prêmio síndico bom de gestão e o prêmio empresa amiga do síndico. O prêmio mérito assosíndicos é para pessoas que contribuíram para o desenvolvimento da associação. O prêmio síndico empreendedor é para aquele síndico que criou uma ação nova que inovou na gestão do seu condomínio. Já o prêmio síndico bom de gestão é para aquele que pegou o condomínio com dividas cheio de problemas, conseguiu resolver problemas esse síndico merece o prêmios síndico bom de gestão. Temos também o prêmio empresa amiga do síndico que visa premiar as empresas que são parceiras dos síndicos ajudando o mesmo com bons serviços prestados e inovando sempre. Com essas ações estamos fazendo uma grande ação para aumentar a auto-estima dos síndicos no Distrito Federal.
Jornalista – PRESIDENTE QUE CONVÊNIOS SÃO ESSES QUE VOCÊ FEZ?
Paulo Roberto Melo – Fizemos diversos convênios com a UDF, IESB, IDP, UniCEUB, UNIP, Instituto Processus, outras faculdades, cursinhos e setecentos estabelecimentos comerciais que oferecem desconto de ate 30%. Mas o que mais me alegra foram os dois convênios firmados com o instituto federal de Brasília, que iremos oferecer cursos pelo pronatec de gestão de condomínios, de agente de portaria, de agente de zeladoria. Em um outro convênios iremos criar os cursos técnicos de gestão de condomínios e o curso técnico de porteiro e zelador de condomínio.

Jornalista – COMO ESTÁ A LUTA PELA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO?Paulo Roberto Melo – Estamos buscando a regulamentação da profissão de síndico profissional, em que todos os síndicos moradores ou não, sejam gestores qualificados e que recebam salário. E para isso tem em tramitação. Fizemos reuniões no senado e na câmara federal para buscar a aprovação dos PL 2225/2011, PL 6518/2009 e outros. Estamos fazendo a nossa parte na busca de uma boa gestão de condomínios.

Jornalista – O QUE VOCÊ ACHA DAS EMPRESAS TERCEIRIZADORAS DE MÃO DE OBRA?
Paulo Roberto Melo – Eu penso que as empresas terceirizadas são uma mão na roda para os síndicos, pois o que seria dos gestores de condomínios se não fosse às empresas prestadoras de serviços, elas prestam um bom serviço á sociedade de síndicos na qual represento. Mas é importante que o síndico tenha cuidado ao contratar as empresas, pois as microempresas de pequeno porte que são optantes do simples nacional não podem locar mão de obra. Também é importante que o síndico cobre da prestadora terceirizada a prestação de contas quanto às declarações anuais de IRPJ, os impostos trabalhistas pagos e só efetuar o pagamento a empresa após o pagamento pela empresa de funcionários e impostos.

Jornalista – PRESIDENTE PARA ENCERRAR DEIXE UMA MENSAGEM PARA A POPULAÇÃO DE CONDOMÍNIOS DO DF E REGIÃO METROPOLITANA?
Paulo Roberto Melo – Quero parabenizar a todos os moradores de condomínios, FUNCIONARIOS, gestores, subsíndicos e síndicos e quero dizer a todos que em um ano fizemos mais na ASSOSÍNDICOS do que foi feito em um sindicato durante quinze anos, que a ASSOSÍNDICOS não tem dono, não te reeleição e que o síndico pode vir pra cá que aqui ele tem espaço voz e vez. Estou trabalhando com humildade sem arrogância ou prepotência sempre recebendo os síndicos, moradores de condomínios e funcionários com um único objetivo melhorar a qualidade de vida da população de condomínios por meio se síndicos preparados com uma associação que tem trabalho de verdade. Já fizemos muito e faremos mais, o meu mandato vence em dezembro de 2015 ate lá eu ainda tenho objetivos audaciosos para cumprir e fazer mais e melhor pelos síndicos do DF e nossa região metropolitana. A ASSOSÍNDICOS/DF veio para defender a apoiar os síndicos e subsíndicos em sua tarefa árdua. A ASSOSÍNDICOS é a casa do síndico no Distrito Federal e região metropolitana.

Por Olivar de Matos JORNALISTA. 
Fotos: Olivar de Matos.
Categoria :