sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Governo lança cartilha para ampliar acesso de pequenas empresas a soluções tecnológicas
Emerson F. Tormann11:48


O secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Alvaro Prata, lançou neste mês (novembro) o Guia de Extensão Tecnológica das Redes do Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec). O documento é uma referência para a criação e operacionalização das Redes Sibratec e vai atender desde os gestores dos órgãos públicos e das próprias redes às agências de fomento, instituições participantes e técnicos extensionistas.

“A rede contribui para que a empresa se enxergue como provedora de tecnologia impactando o mercado”, avaliou o secretário. A publicação reúne normas do programa e possui o objetivo final de beneficiar pequenas e micro empresas de diversos estados.
Casos de sucesso

Durante o lançamento, empresários apresentaram as soluções geradas pelo Sibratec que fizeram seus negócios prosperarem. A empresa de alimentos naturais de Martinho Lutero dos Santos, de Salvador (BA), chegou a falir até que ele descobriu o Sibratec. Hoje, a empresa deixou de ser local e passou a comercializar os seus produtos para toda a região Nordeste. Em pouco mais de quatro anos, o faturamento foi triplicado. De acordo com o empresário, uma grande rede de supermercados tem interesse em nacionalizar o negócio. “Se não fosse o Sibratec a gente não existiria mais. Eu estava falido”, disse.

O apoio do Sibratec também permitiu que a empresa Fanem, de São Paulo (SP), especializada no desenvolvimento de aparelhos eletro-médicos, desenvolvesse um berço aquecido neonatal. Na época, além da orientação técnica, a empresa recebeu o aporte de cerca de R$ 20 mil como subsídio. “De 2011 para cá vendemos mais de 2,9 mil desses equipamentos só para exportação, gerando arrecadação de impostos de renda da ordem de R$ 500 mil, ou seja, todo o investimento que o programa faz como subsídio é retornável naturalmente como arrecadação”, afirmou o gerente de Inovação e Desenvolvimento da empresa, Ílio de Nardi Júnior.

“A extensão tecnológica contribuiu diretamente para o sucesso do nosso portfólio. Antes do Sibratec nossa oferta de produtos era bem menor. Hoje, exportamos para mais de 100 países, estamos em 32 países na África e somos a primeira empresa brasileira na área da saúde a instalar uma fábrica no exterior, na Índia, como multinacional”, completou.

Empresas interessadas nos serviços do Sibratec devem procurar o SEBRAE da sua cidade.

Maiores Informações: Guia Sibratec

Fonte: BizMeet


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter