sexta-feira, 1 de julho de 2016

Energia solar de geração ‘caseira’ dobra em 2016
Emerson F. Tormann16:44



A energia solar fotovoltaica de microgeração aumentou em mais de quatro vezes nos últimos doze meses, de acordo coma Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Só neste ano, o número de conexões instaladas no país subiu 99% .Até o fim de 2016, o setor projeta que a alta total chegue a 800 %.

A disparada é fruto das recentes mudanças de regulamentação, aprovadas no fim do ano passado e em vigor desde março, que permitem que o excedente gerado possa ser descontado da fatura de energia elétrica.

“Além disso, o tamanho máximo dos sistemas subiu para 5 mega watt se foram criados mecanismos de compensação para condomínios e consórcios”, afirma o presidente da Absolar (entidade do setor), Rodrigo Sauaia.

A tributação da energia ainda é um entrave, segundo ele. Hoje, 16 Estados têm um convênio com o Confaz (conselho de política fazendária) para que o ICMS não recaia sobre energia gerada, o que reduz o custo em 20%, diz o presidente da Thymos Energia, João Carlos Mello. Outra barreira é o alto preço dos equipamentos, hoje importados. A célula fotovoltaica representa 80% do custo de geração, segundo Mello.

Um programa de incentivo à microgeração, anunciado pelo governo federal em dezembro de 2015, promete desonerar a importação e criar novas linhas de financiamento ao setor. A implementação do projeto está em análise. “Com a crise, porém, dificilmente algo sairá agora.”


BOM PRA QUEM

A decisão de manter nesta quinta(30) a meta deinflação em 4,5% em 2018 surpreendeu quem esperava uma queda para 4%. Para a equipe econômica, porém, a sinalização não seria benéfica.

Fonte:  Mercado Aberto - Maria Cristina Frias


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter