terça-feira, 28 de junho de 2016

Mercado do LED se torna a luz no fim do túnel para a crise!
Emerson F. Tormann12:40



Maior feira de iluminação que acontece na próxima semana, em SP, terá o LED como estrela principal


Protagonista do mercado da iluminação, o LED (Diodo Emissor de Luz) tem se mostrado a aposta certa para quem procura praticidade, baixo custo e inovação. A famosa e econômica lâmpada ganhou seu espaço no mercado da iluminação com seus diversos fatores positivos. Quer conhecer alguns? Confira:

1. A durabilidade da lâmpada é maior do que das usuais;

2. Apesar do investimento inicial ser um pouco salgado, o empresário ou consumidor final, logo recebe de volta na economia de sua conta de luz;

3. Ideal para qualquer ambiente! Seja num escritório, no hotel, na sala de casa ou numa sala de reunião, o LED se molda em qualquer lugar, basta escolher o fluxo luminoso mais adequado;

4. É versátil e eficiente. Apagar e acender essa lâmpada várias vezes ao dia não muda em nada seu funcionamento.

O LED com certeza ganhará todo o mercado. Já em 2014, o número de lâmpadas vendidas no Brasil foi de 20 milhões de unidades, seis vezes mais do que em 2011, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux). Apesar de esse número representar uma fatia ainda pequena diante de um mercado de mais de 500 milhões de lâmpadas, para a associação, se o LED continuar nesse ritmo deve abocanhar metade do total de vendas do setor nos próximos três anos. Até 2023, o LED representará 74% das vendas de lâmpadas. Esse mercado se torno a luz no fim do túnel para empresários no atual cenário econômico desafiador para a indústria da iluminação.


Fonte: Portal O Setor Elétrico / Spotlux / Gazeta do Povo


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter