quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

No futuro as Sociedades produzirão energia solar em ilhas?
Emerson F. Tormann11:38

energia solar e eólica em ilhas marítimas

Com preocupações de mudança climáticas ficam cada vez mais próximas e continua necessidade de produção energia para os países, não será surpresa que haverá novas formas de inovações de energia para uma constante procura


Uma proposta pelo Professor Carl Ross da Universidade de Portsmouth veria de ilhas de energias artificiais ancoradas no mar em torno do Reino Unido. O conceito seria de fornecer energia adicional para o país e também de espaço adicional para abrigar a população crescente.

As estruturas irão explorar a energia do vento, maré e sol, e serão rebocada mar aberto

Professor Ross disse: "Um dos problemas que enfrentamos, especialmente nos países superlotadas e pequenos, como aqueles encontrados na Europa e Ásia, é areação das pessoas a síndrome NIMBY - isto é, a Not In My Back Yard (Não no meu quintal).

"As pessoas muitas vezes se queixam do uso desses métodos renováveis de produção de energia ocupa o valioso espaço da terra, fica feio, e faz muito barulho.

"Ao colocar estas três formas de energia renováveis na produção em uma ilha flutuante, poderemos evitar todos estes pontos negativos. Dois terços da superfície da Terra é coberta por água, por isso, não estão 'perdendo' terra - na verdade, estaremos colonizando os oceanos.

"Uma vez que esta tecnologia está amadurecido, os seres humanos poderão até mesmo começar a viver na ilha flutuante para ajudar a combater o excesso de população.

"Em 2011 as Nações Unidas anunciaram que a população mundial atingiu sete bilhões e o impulso de uma população crescente não mostra quaisquer sinais de abrandamento."

Ancoragem das Ilhas

Cada ilha será presa ao fundo do mar por pilares tubulares gigantes que contêm câmaras de vácuo em suas bases. A tecnologia é semelhante ao que é utilizado para ancorar plataformas de petróleo offshore.

Cada ilha irá apoiar na geração de energia através de turbinas eólicas e painéis solares em sua superfície, com turbinas de maré ligadas abaixo da superfície para aproveitar o poder dos oceanos.

O professor acredita que as ilhas podem ser facilmente implantados em regiões costeiras do Reino Unido, incluindo as partes mais profundas do Mar do Norte e, possivelmente, até mesmo nas partes do Canal Inglês. Ele acredita que cada ilha pode gerar energia suficiente para abastecer 119.500 casas.

Basta dizer que, essas instalações não estarão sem obstáculos, não menos que as previsões de custo em torno de valores de £ 1,7 bilhões de preço, mas o Professor Ross acredita que tal esforço poderia ser reembolsado no prazo de 11 anos através de contas de energia mais baixas.

Tradução: Girassol
Fonte:http://www.ncub.co.uk/


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter