quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Inmetro autoriza novos cinco laboratórios para testes de fotovoltaicos
Emerson F. Tormann23:38

Instituto dá sinal verde para laboratórios da TÜV Rheinland situados no exterior


O Inmetro autorizou a realização de testes de equipamentos voltados à geração fotovoltaica no Brasil por novos cinco laboratórios no exterior da TÜV Rheinland. Com o sinal verde, o grupo passar a ter sete laboratórios autorizados para a atividade no país. Ao todo, são 17 os laboratórios com o mesmo aval. destinados a ensaios nos módulos, controladores de carga, inversores para sistemas autônomos e baterias, bem como inversores para sistemas conectados à rede.

Entre as 17 unidades, estão aquelas acreditadas, designadas e estrangeiras acreditadas por órgãos que sejam membros de fóruns dos quais o Inmetro seja signatário, como a Cooperação Internacional de Acreditação de Laboratórios (ILAC, na sigla em inglês) e o Fórum Internacional de Acreditação (IAF, na sigla em inglês).

Os centros de ensaio recém-autorizados ficam localizados nos Estados Unidos, Japão, Itália, Índia e Taiwan. Os outros dois da mesma empresa, situados na Alemanha e China, já possuem o reconhecimento do instituto desde o início do segundo semestre de 2015.

Entre os equipamentos contemplados para os testes estão módulos e inversores fotovoltaicos importados e fabricados no Brasil. As verificações compreendem padrões de eficiência energética dados pelas portarias 004/2011 e 357/2014 do Inmetro, medição de desempenho e segurança dos inversores pelas normas ABNT NBR 16150 e NBR IEC 62116 e testes completos para padrão International Electrotechnical Commission (IEC).

O grupo TÜV Rheinland possui mais de 12 GW inspecionados em usinas fotovoltaicas pelo mundo e atua desde o planejamento até a manutenção dos empreendimentos. No Brasil, a empresa possui cerca de 8 mil certificados ativos e atende a mais de 1,5 mil clientes.

Veja a lista dos demais laboratórios:Acreditados brasileiros
Laboratórios
Centro de Pesquisa e Desenvolvimento – CPqD/LASE
Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo - IEE/USP
Acreditados estrangeiros
Laboratórios
TUV Rheinland (Shanghai) Co. Ltd.
TUV Rheinland Energie und Umwelt GmbH (Alemanha)
TUV Rheinland Taiwan Ltd.
TUV Rheinland PTL, LCC (EUA)
TUV Rheinland Japan Ltd. (Japão)
TUV Rheinland (India) PL
TUV Rheinland Italia S.r.l.
PI Photovoltaik-Institut Berlin AG (Alemanha)
TÜV SÜD Certification and Testing (China) Co. Ltd.
Designados
Laboratórios
Eletrobras Cepel – Centro de Pesquisas de Energia Elétrica
Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo - IEE/USP (somente para inversores conectados à rede)
Laboratório de Energia Solar/Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Laboratório do Grupo de Estudos e Desenvolvimento de Alternativas Energéticas – GEDAE/UFPA
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - GREEN / PUC-MG
Universidade Estadual Paulista – UNESP, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Laboratório de Eletrônica de Potência-LEP
Universidade Federal do Ceará - UFC, Grupo de Processamento de Energia e Controle - GPEC, Departamento de Engenharia Elétrica - DEE


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter