sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Dicas para economizar energia na cozinha
Emerson F. Tormann10:12

Pequenas atitudes podem trazer economia significante na conta do mês


Dicas para economizar energia na cozinha
A cozinha é um dos cômodos da casa repleto de eletrodomésticos
que podem impactar na conta de energia. (JC Imagem)


A cozinha é um dos cômodos da casa repleto de eletrodomésticos que podem impactar na conta de energia. Por isso, é preciso ficar atento a dicas que podem fazer a diferença no final do mês. Os eletrodomésticos de maiores potências de energia são os fornos e fogões elétricos, torradeiras, microondas, sanduicheiras e máquinas de lavar pratos. Para que haja diminuição no consumo de energia do microondas, a dica é não descongelar os alimentos.

Economizando com os filtros elétricos de água

Também é preciso prestar atenção no uso dos filtros elétricos de água, que também consomem energia, quase como uma geladeira. “Nesse caso, a dica para um gasto menor é evitar deixar o botão que define a temperatura da água no máximo, porque dessa forma o equipamento puxa mais da rede elétrica para esfriar a água”, explica Ana Christina Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética da Neoenergia. Se o bebedouro não tem essa opção, a alternativa é desligá-lo da tomada durante os períodos longos em que ele não vai ser utilizado, como à noite e durante a madrugada.

Pequeno em tamanho, grande em consumo

Na categoria dos eletrodomésticos portáteis, um dos que mais consome energia na cozinha é a sanduicheira. Esse equipamento é parecido com o ferro elétrico e a função dele se dá a partir do aquecimento, através de uma resistência elétrica. Por isso, se a família é grande, o ideal é tentar utilizar o aparelho para fazer sanduíches na mesma hora, aproveitando apenas um aquecimento. Também é válida a possibilidade de fazer o sanduíche no forno do fogão a gás. Assim, você economiza energia.

Otimizando o gasto energético

Atenção para fogões elétricos. Se utilizados cinco horas por dia, o consumo no final do mês será de 820 kWh, o que equivale a cerca de R$ 468,10 a ser pago na conta de energia. As máquinas de lavar louças também têm potências altas como o microondas e só devem ser usadas quando estiverem cheias de pratos para otimizar o ciclo de lavagem.

Geladeira mais econômica

Já as geladeiras, as de maiores litragens têm consumos maiores, assim como as frostfree também consomem mais. Para economizar na energia, verifique se as borrachas de vedação estão em boas condições, regule o termostato e organize os alimentos para não perder tempo com a porta aberta.

Confira outras matérias e informações sobre energia consciente aqui.

Fonte: JC


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter