terça-feira, 1 de setembro de 2015

Energia solar no radar do BNDES e do governo
Emerson F. Tormann18:48

O mercado para implantação de placas solares em telhados começa a chamar a atenção do governo brasileiro, com planos do Ministério de Minas e Energia de incentivar essa modalidade e estudos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre como financiar instalações do tipo.

"Vemos um crescimento muito grande da geração distribuída solar... quando houver um mecanismo de financiamento disso para o consumidor, esse vai ser um mercado que vai explodir no Brasil", disse ontem o presidente da estatal Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, durante evento em São Paulo.

No mesmo seminário, o superintendente de infraestrutura do BNDES, Nelson Siffert, confirmou que o banco estuda oferecer apoio a esse segmento por meio do Cartão BNDES, pelo qual micro, pequenas e médias empresas têm acesso a crédito pré-aprovado do banco no valor de até R$ 1 milhão, com taxa de juros pré-fixada e parcelamento em até 48 meses.
Segundo o executivo, os equipamentos financiados pelo cartão precisarão cumprir com o índice de nacionalização exigido pelo BNDES, que prevê o aumento gradual do conteúdo local nos módulos solares.

Diversas empresas já se movimentam de olho nesse mercado. A Alsol, uma start-up apoiada pelo Grupo Algar, tem inclusive oferecido um serviço gratuito, por meio do aplicativo para celulares WhatsApp, para que qualquer pessoa possa verificar o potencial de geração solar de seu telhado.

A empresa, que já tem cerca de 80 pequenas instalações fotovoltaicas em operação, oferece o serviço em Belo Horizonte e Uberlândia, em Minas Gerais, mas a idéia é expandir a rede para todo o País ainda este ano.

Alcance - Segundo o Instituto Ideal, que incentiva fontes limpas de energia na América Latina, a elevação das tarifas faz com que instalar placas solares já seja bom negócio em 75% dos Estados.

Fonte: O Estado de S. Paulo


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter