segunda-feira, 25 de maio de 2015

Saiba como fazer corretamente a captação de água de chuva
Emerson F. Tormann12:45

cartilha aproveitamento da água de chuva

IPT lançou manual com dicas de tratamento e armazenagem voltadas aos cidadãos comuns


O IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) lançou um manual com dicas de captação de água de chuva para o cidadão comum. A cartilha contempla todas as etapas, da captação à utilização da água de chuva, e oferece à população orientações para melhorar a qualidade dessa água, apresentando as boas práticas para a sua captação, armazenamento e utilização doméstica.

O material recém lançado é direcionado às famílias que vivem situações emergenciais e dissemina uma técnica relativamente simples, mas que respeita os requisitos que garantem o funcionamento do sistema e, principalmente, assegura a qualidade da água coletada. O conteúdo está disponível gratuitamente e pode ser acessado aqui.

Apesar de ser uma técnica relativamente simples, o aproveitamento da água de chuva possui requisitos mínimos que devem ser respeitados. O principal alerta da cartilha é a necessidade do descarte da água da primeira chuva, responsável pela lavagem da atmosfera e dos contaminantes presentes na superfície dos telhados.

"Recomenda-se o descarte de dois litros de água para cada metro quadrado de área de telhado utilizado para captação, o que corresponde aos dois primeiros milímetros de precipitação. É também fortemente recomendada a filtragem dessa água, mesmo que de maneira simplificada, com a utilização de um filtro de malha do tipo de coador de chá", explica o engenheiro Luciano Zanella, pesquisador do IPT e autor do manual.

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo
Categoria : ,


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter