terça-feira, 10 de junho de 2014

Primeiro condomínio público exclusivo para idosos do país será inaugurado em João Pessoa
Emerson F. Tormann01:22

O condomínio Cidade Madura, primeiro condomínio residencial público exclusivo para idosos do país, está concluído e será inaugurado nesta terça-feira (10), às 10h, em solenidade no Cidade Verde, em João Pessoa. O governador Ricardo Coutinho, o procurador dos Direitos do Cidadão, Valberto Lira, e a diretoria da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (SEDH) visitaram nesta segunda-feira (9) o condomínio e aprovaram sua infraestrutura.

Na unidade de João Pessoa, o Governo do Estado investiu R$ 4,4 milhões e somando aos que estão em obras em Campina Grande e em Cajazeiras serão mais de R$ 12 milhões, com recursos próprios. O governador Ricardo Coutinho visitou algumas das 40 unidades habitacionais (com área de 54m² cada), totalmente adaptadas às necessidades das pessoas idosas, e também a área externa que conta com praça, pista de caminhada, academia ao ar livre, uma unidade de saúde, redário, centro de convivência, horta e guarita.

Ricardo Coutinho explicou que o Cidade Madura é um modelo de acolhimento para idosos que não têm onde morar ou moram em condições inadequadas e que passarão a viver em um condomínio com toda a infraestrutura destinado a pessoas de baixa renda. O governador disse que o Estado entra com estrutura básica de segurança e limpeza, mas a organização será feita pelos próprios idosos, já que possuem a autonomia e condições físicas e psicossocial necessárias para isso.

“O governo inicia um projeto inédito no Brasil que são os condomínios públicos fechados para pessoas idosas semeando os frutos de respeito aos paraibanos de vários municípios. A Paraíba possui uma política que respeita os idosos com a recuperação dos abrigos de longa permanência e projetos de habitações. O Estado passa a fazer muita coisa com planejamento, organização e respeito ao dinheiro do povo”, comentou Ricardo Coutinho.
O procurador dos Direitos do Cidadão, Valberto Lira, lembrou que desde o primeiro momento que conheceu o projeto teve uma sensação de muita alegria e satisfação pela sua beleza e estrutura. “A Paraíba está dando exemplo ao Brasil por entregar essa obra que trará benefícios incalculáveis para as pessoas idosas”, declarou.

Valberto Lira acredita que esse é um modelo inédito e muito interessante, pois a residência fica à disposição do idoso só enquanto este quiser, sendo repassado posteriormente para outro que precisar. “Conheci um condomínio destinado a pessoas da 3ª idade em Paris, mas era diferente, pois era vertical e não reunia essa estrutura ampla e equipada como a do Cidade Madura”, observou.

No Residencial Cidade Madura só será admitida a permanência de moradores idosos e estes não podem modificar, emprestar, locar ou ceder os imóveis. Eles podem morar sozinhos ou com seus cônjuges e pagarão apenas as despesas referentes à utilização do imóvel, que é de propriedade do Estado.

A secretária de Desenvolvimento Humano do Estado, Aparecida Ramos, informou que as pessoas selecionadas já tinham inscrições na Cehap , possuem condições físicas e psicossocial e não possuem filhos dependentes. Ela ressaltou que entre as pessoas selecionadas estão ex-jogadores de futebol, ex- artistas e cantores e idosos que deram suas contribuições ao Estado, mas hoje não possuíam condições financeiras para morar bem.

A presidente da Cehap, Emília Correia Lima, acredita que o condomínio vai despertar a atenção de outros estados e do país ao dar o direito ao idoso, após se aposentar, poder viver e não apenas sobreviver. “Os idosos aqui terão mais facilidades para viver com uma casa ampla e adaptada às suas necessidades, locais de caminhadas e ginástica, um núcleo de assistência à saúde, redários e um lugar de eventos. O lugar dos sonhos de muita gente”, enfatizou.

Fonte: PBAgora
Categoria :


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter