segunda-feira, 5 de maio de 2014

Curso específico para síndicos
Emerson F. Tormann11:26

Iniciadas as aulas da Escola de Síndicos da Assosíndicos-DF. O curso é voltado para síndicos e moradores que desejam conhecer mais sobre seus direitos e deveres dentro de um condomínio

A escola de Síndicos Assosíndicos do Distrito Federal abriu, esta semana, um curso de síndico profissional com o intuito de capacitar profissionais que atuam nas áreas externas dos edifícios de Brasília. Os inscritos receberam certificados de profissional

A escola de Síndicos Assosíndicos do Distrito Federal abriu, esta semana, um curso de síndico profissional com o intuito de capacitar profissionais que atuam nas áreas externas dos edifícios de Brasília. Os inscritos receberam certificados de profissional

A gestão de um prédio residencial não é uma tarefa superficial, pois precisa ser realizada com uma capacitação adequada. Motivo fundamental para o síndico conhecer os papéis a serem cumpridos. Esses papéis necessitam de competência para serem realizados com sucesso, pois é preciso saber mediar os conflitos entre vizinhos e o síndico. “O síndico é uma pessoa cada vez mais ativa e inteirada dos assuntos do dia a dia com muito trabalho e empreendedorismo’’, destacou o presidente da Assosíndicos-DF, Paulo Roberto Melo.

Com o intuito de capacitar os profissionais que atuam nas áreas internas dos prédios, foi realizado entre os dias 22 e 26, o curso de síndico profissional, oferecido pelo programa Escola de Síndicos da Assosíndicos-DF, localizado no auditório da Administração do Guará. O projeto foi elaborado pela Associação com o apoio da Administração do Guará. Com 70 horas-aula, os 80 alunos inscritos receberam o certificado de síndico profissional.

O presidente da Assosíndicos-DF fala sobre a importância da capacitação. “Esse curso de síndico profissional é um projeto de qualidade. Vai ajudar muito ao síndico realizar uma gestão cada vez mais profissional e ao final do curso, recebe o certificado que concluiu com êxito a capacitação de síndico profissional”, explica.

Assuntos abordados
Nas aulas são ministrados cursos de relações interpessoais, mediação de conflitos, eventos em condomínios, seguros em condomínios, liderança em condomínios, ser síndico em condomínio, contabilidade aplicada aos condomínios, legislação aplicada aos condomínios, recursos humanos em condomínio, engenharia de elevadores, vistorias em condomínios, segurança em condomínios, prevenção de incêndios e primeiros socorros. “Os professores são especialistas no assunto sendo a maioria diretores da Assosíndicos-DF”, informou Paulo Roberto. E completa. “Os assuntos eleitos como melhores pelos alunos estão ligados às relações interpessoais, contabilidade, liderança e legislação", ressalta.

E muita coisa pode ser aprendida nesse curso como a diferença entre o síndico morador e síndico profissional. O síndico morador é normalmente um morador que é eleito pelos moradores. O síndico profissional é aquele que tem uma preparação um certificado para atuar na área, muitas vezes não precisa necessariamente morar no prédio. Segundo a síndica Adriana Dantas, "é preciso que o síndico tenha base no que pode ser feito e o que não pode ser feito dentro do condomínio. O curso serve para prepará-lo para o mercado de trabalho, porque muitos prédios são como grandes empresas".

O aluno do curso, Carlos Frazão enfatizou que "o curso é uma oportunidade de especialização e melhora das condições de trabalho para uma gestão eficaz do condomínio". "Ser síndico é ser corajoso", diz. Adriana Dantas, que ministra o curso de legislação aplicada a condôminos diz que orienta sobre os direitos aplicados dentro dos condomínios, para eles aprenderem a se respaldar através da lei.

Competências do síndico
O Código Civil nº Art. 1.348 dá uma orientação ao encarregado no que ele pode realizar. Pois os atributos do código compete ao síndico convocar a assembleia dos condôminos; representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns; dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio; cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia; diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores; elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano; cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas; prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas; realizar o seguro da edificação.

O público-alvo do curso não está baseado apenas no síndico, mas também em conselheiros, tesoureiros, advogados e até mesmo condôminos que queiram entender mais sobre onde moram. O próximo curso será realizado em maio, no Cruzeiro. Apesar de não haver previsão, Águas Claras deve realizar a capacitação ainda este ano.


Torre de TV - Brasília / DF
Sobre o blogueiro Emerson F. Tormann Possuo conhecimentos avançados em engenharia de redes de computadores e infra estrutura de servidores (o famoso CPD). Cabeamento estruturado: lógica, elétrica estabilizada (nobreak/gerador) e telefonia (centrais telefônicas). CFTV e sistemas de monitoramento e inspeção remotos. Facebook e Twitter